Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Louco por motos

Honda CB 750, a motocicleta do século

por Mário Sérgio Figueredo, em 27.03.09

 

Se o assunto principal do nosso blog são as motos, não poderíamos, de maneira nenhuma, deixar de falar dos ícones que marcaram a existência das motocicletas na história e um desses ícones, talvez o principal, uma vez que foi eleita a motocicleta do século, é a

 

Honda CB 750, a "Sete-Galo"

 

A história de Honda é a história de um homem, de Soichiro Honda, e de sua realização incomparável de trazer veículos de duas rodas às massas. Soichiro Honda era um piloto, um homem de negócios, um fabricante, mas sobretudo era um sonhador. Sonhou com uma maneira melhor de fazer melhores motores e melhores motocicletas.

 

Fundou uma pequena empresa, e começou a produção. Sonhou de dar a povos de toda parte um meio econômico de transporte, e começou, em 1949, a produzir motocicletas pequenas. Assim sua companhia construiu máquinas cada vez maiores, melhores e mais rápidas.

 

Da evolução tecnológica, em 1969 a Honda introduziu a sua recém-criada motocicleta CB 750 nos mercados americano e europeu, onde já há algum tempo experimentava grande sucesso com suas motocicletas menores. A nova motocicleta foi desenvolvida visando estes mercados, principalmente o americano, onde foi detectada uma carência por uma motocicleta de grande cilindrada (grande para a época). A ação da Honda foi conduzida pessoalmente pelo Sr Soichiro Honda.

 


A "Sete-Galo" de 1969, o gênesis.

 

Como forma de seduzir o mercado americano, a Honda CB 750 era vendida com inéditos freio a disco dianteiro e motor de 4 cilindros em linha, ao preço de U$ 1.495,00, qualidades que deram à Honda enorme vantagem sobre a concorrência, composta principalmente por motos inglesas, que dominavam aquele mercado.

 

Com esses predicados, a CB 750 caiu no gosto do americano, principalmente por ser a primeira de 4 cilindros e apresentar um motor de funcionamento suave e isento de vibrações, características desconfortáveis das motocicletas mono e bicilíndrias fabricadas até então.

 

Tamanho foi o sucesso do modelo que sua fabricação, iniciada no final de 1968 permaneceu até 2003 (no Brasil, até 1995). O termo "superbike" foi inventado para descrever a CB 750.

 

Em 2007, a Honda do Japão anunciou a venda de uma nova CB 750 muito similar aos modelos vendidos nos anos 70, mas para desespero dos saudosistas do mundo todo, essa produção foi destinada exclusivamente para o mercado interno do Japão.

 


O modelo de 1976, último antes da proibição das importações

 

No Brasil a CB 750 foi muito bem aceita e as vendas do produto incentivaram a Honda Japão a olhar com mais carinho nosso mercado. Tudo corria de forma a provocar sorrisos da Honda, até que em 1976, como forma de incentivar a produção industrial nacional, foram proibidas as importações de produtos considerados supérfluos, incluindo as motocicletas, privando o consumidor brasileiro de ter acesso aos modelos mais modernos da CB 750 que continuavam fazendo sucesso lá fora.

 


Modelo de 1978. Mesmo com a proibição das importações, algumas chegaram ao mercado.

 

Em meados de 1986, com a abertura do mercado para as importações a CB 750 voltou a ser comercializada com o modelo CBX 750 F, vendido até 1995. De 1990 a 1995 foi oferecida num modelo especial para o Brasil, batizada de Indy, dotada de carenagem integral herdada do modelo especial Bol D'Or vendido em edição limitada nos EUA e Europa em 1985.

 


CBX 750 de 1986, o retorno da importações.

 

Com o encerramento da sua produção, a CB 750 deixou uma legião de órfãos que até os dias de hoje a cultuam e não é raro ver modelos reluzentes e bem conservados desfilando em nossas ruas e avenidas.

 


CBX 750 Indy, o modelo brasileiro.

 

Decorridos 14 anos do fim da linha de montagem, ainda não foi fabricada outra moto que cativasse de forma tão avassaladora o coração dos amantes do motociclismo, como a saudosa CB 750, nossa querida "Sete-Galo".

 


Um motor muito à frente da sua época.

 

Aguarde novos artigos sobre motos que fizeram história no Brasil.

 

 

PS: Clicando nas fotos você as verá em tamanho maior e com melhor resolução.
 

1 comentário

Comentar post