Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Louco por motos

Esperto para cachorro

por Mário Sérgio Figueredo, em 03.04.09

Essa eu recebi por e-mail e achei que valia a pena publicar aqui no nosso blog:

 

 

Um cachorro entrou no açougue e o açougueiro espantou-o.

 

Logo em seguida o cachorro voltou. Novamente, o açougueiro foi espantar o cachorro, mas percebeu que ele trazia um envelope na boca. Então, o açougueiro pegou o envelope e viu dentro um bilhete e uma nota de RR$ 50,00. O bilhete dizia: " Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor?".


O açougueiro pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro, colocou numa sacola de plastico, junto com o troco e pôs na boca do cachorro.


O açougueiro muito impressionado decidiu seguir o bicho, já que estava mesmo na hora de fechar o açougue. O cachorro desceu a rua, no cruzamento, deixou a sacola no chão e apertou o botão para fechar o sinal, esperou pacientemente, com saco de volta à boca, o sinal fechar e atravessou a rua.


Depois, caminhou até uma parada de onibus, e o açougueiro seguindo-o. No ponto de ônibus, o cão olhou para a tabela de horário e sentou-se a esperar o seu ônibus. Veio o primeiro, o cachorro foi até a frente para conferir o número e voltou para o seu lugar. Outro ônibus chegou, tornou a olhar e entrou. Pasmo, o açougueiro boquiaberto pegou o ônibus também.
De repente, com as compras ainda na boca, o cão se levantou, ergueu-se com as patas traseiras e puxou a cordinha para descer.


Maravilhado, o açougueiro também desceu seguiu o cão, até que este parou em frente a uma casa, colocou as compras no chão, afastou-se um pouco, correu e atirou-se de encontro à porta. Nada! Não abriu. Repetiu a operação. Nada! Ninguém na casa!


Então, sob a observação do açougueiro, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro por varias vezes. Retornou à porta da frente e sentou-se aguardando.
Passando um tempinho, um cara enorme abriu a porta e começou a bater no cachorro.


O açougueiro correu até o homem e impediu-o dizendo:


 - Por Deus do céu, homem, o que você está fazendo? O seu cachorro é um gênio!!!


- Gênio? Esta já é a segunda vez nesta semana que este cachorro estúpido ESQUECE a chave!

 

 

Moral da estória:

" Você pode continuar excedendo às espectativas, mas aos olhos do chefe, estará sempre abaixo do esperado... ".