Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Louco por motos

Grande exemplo, grande profissional

por Mário Sérgio Figueredo, em 08.10.08

Bons e maus profissionais existem em todas as profissões, umas mais e outras menos, umas são mais "apedrejadas" que as outras quando um desses maus fica em evidência.

 

Talvez a profissão que mais sofra esse tipo de "bombardeio" da opinião pública seja a de policial, quer seja ele civil ou militar.

 

Fugindo à regra que é sempre evidenciar os maus policiais, vou aproveitar este espaço para enaltecer o trabalho de, o que podemos classificar, um bom policial e bom profissional.

O fato eu capturei de uma das comunidades do Orkut onde o autor da ação contou o que aconteceu.

 

 

Seu nome é Marcos O. Luz e ele, ao que indica o seu perfil, é policial na cidade de Curitiba, a mesma em que eu resido.

 

Bem, vamos ao motivo desse post:

 

Marcos relata que estava chegando na casa da sua namorada, no seu dia de folga, à paisana, quando avistou dois casais e uma moto, parados próximos ao meio fio.

 

Uma moça estava chorando e um dos rapazes gritava por socorro, Marcos pensou q fosse um atropelamento, acelerou a sua moto em direção a eles e perguntou-lhes o que havia acontecido. O rapaz falou que tinham acabado de levar a sua moto, apontando para a direção que os "vagabundos" haviam tomado. A moto roubada ainda estava no visual e Marcos saiu no encalço do mesmo.

 

Quando o ladrão entrou na BR 116 - rodovia que corta Curitiba ao meio - com a moto roubada, uma CG150, logo estava colado no mesmo e fez sinal pra que ele parasse mas o bandido continuou a acelerar. Marcos fez 2 disparos para o meliante ver que ele era policial e que estava atrás dele. O ladrão, vendo q o bicho ia pegar pro seu lado, parou a moto, sendo abordado e obrigado a deitar no chão.

 

Ao fazer a busca pessoal Marcos encontrou um revolver Cal .38 em sua cintura. Marcos pediu o apoio das viaturas da área, e o COPOM avisou a vitima que a moto estava recuperada.

 

Ao chegar no local o rapaz falou q tinha um veiculo Santana dando apoio ao ladrão e com essa informação conseguiram pegar o outro elemento que entregou onde estava o Santana, que também era roubado.

 

Palavras do Marcos:
"Eu estava à paisana, em horario de folga, poderia muito bem ter ignorado a situação..."
"torço pra q um dia essa situação mude, e possamos andar com nossas motos tranquilamente..."

 

Policial Marcos, como moramos na mesma cidade, quem sabe algum dia venha a conhecê-lo e poder apertar sua mão, parabenizando-o por ser esse grande policial, parecido com aqueles que aprendemos a admirar nos seriados da televisão quando adolescentes, como os Chips, o Vigilante Rodoviário e outros.

 

Espero que a sua história chegue ao seu comandante e você receba as honrarias que um ato dessa grandeza merece.

 

Forte abraço, boa sorte na sua perigosa profissão e continue sendo esse exemplo para a corporação a que você pertence e que eu admiro que é a Polícia Militar do Estado do Paraná.

 

Perfil do Marcos no Orkut

8 comentários

Comentar post